3 perguntas Sobre o Filme da Liga da Justiça

3631
0

Sou fã inveterado da Liga desde que vi o desenho dos Superamigos pela primeira vez no final de 1985. Ou foi no princípio de 1986 ? Não, não. Final de 85. Desde então sigo a fundo cada nova encarnação, desde a série cômica de Keith Giffen e Kevin Maguire,  passando pela reformulação do Grant Morrison até chegar nas animações dos anos 2000 (tirando essa última, Justice League Action, que só consegui ver de bisolhada, por conta da paternidade).

Foi, enfim, com implacável paciência que aguardei a estreia dos heróis em carne e osso no cinema. Por isso, nem mesmo as derrapadas da DC me impediram a diversão durante o filme. E prefiro me ater à essa sensação positiva do que obssessivar sobre o que poderia ter dado certo.

Contudo, existem alguns por quês.

 

1.Por que emburreceram tanto o Batman ?

Na minha opinião, personagens de quadrinhos são como representantes políticos. Uma hora tem que trocar, mesmo que seja para pior. Assim, Já era hora de um outro Batman. E tudo bem o do Ben Affleck ser diferente daquele dos quadrinhos do Morrison e dos desenhos animados de Bruce Timm, onde, a fim de tornar o morcegão inteligente, emburrecia-se todo o resto.

Mas não precisava transformar o cara em incompetente. O sujeito me vai até a Noruega, e coloca o localizador no casaco do Aquaman. No CASACO !!!!. Porra, Batman. E o Aquaman lá nada de casaco ? E daí que ele conta isso pro Alfred e depois ainda emenda: Talvez o casaco nem fosse dele. WTF ?????

E tem ainda aquela hora, em que o cara me coloca uns alto falantes no teto do Batmóvel e sai a milhão para desinfestar a área, tomada pelos capangas do chifrudo. Depois de já ter atraído parademônios pracacete, se dá conta que não sabe o que fazer. E o Alfred: “ É…acho que a gente devia ter planejado melhor”. Que BATMAN É ESSE ? Mudar é necessário, mas nem por isso há de se votar no Mr. Bean.

 

Why oh Flash why

 

2.Por que esse vilão ?

Eu, fã romântico, esperava que o antagonista do primeiro filme ever da Liga para o cinema fosse um vilão fodão do universo DC tipo Brainiac, Savage, Darkseid.

Mas as coisas em Roliúde acontecem a seu modo e acabou-se escalando um personagem de terceira categoria, sem qualquer protagonismo dentro do universo DC, e a quem, ao invés de darem um propósito, deram cornos. Não sei se me entendem. Quero dizer que momento algum durante o filme, o mundo pareceu estar correndo perigo de fato.

Imaginem Darkseid, protagonizando a ameaça dos bastidores, enviando seu pau mandando cornudo, que, ao falhar na missão, voltaria a Apokolips em vida para sofrer as punições nas mãos do maior motherfucker do universo (um destino bem pior do que a morte). Ao menos assim reconheceríamos todos que o vilão tinha algo a perder.

Se não Darkseid, qualquer outro personagem do Quarto Mundo teria imposto mais dramaticidade à trama : a Grande Barda, a Vóvó, os filhos Dessad e Kalibak...

Mas não…

 

Justice-League-Comic-Con-2017-Toys-Steppenwolf-Batmobile

“Ei. Tive uma ideia ! E se o vilão fosse um tio do Darkseid que ninguém conhece ? “. WTF DC ?!?!?

 

3.Por que o SET UP E PAY OFF é tão ruim ?

Qualquer nerd estudante de cinema sabe ( e o you tube está repleto deles), sobre o conceito de SET UP e PAY OFF , o que pode ser mais ou menos livremente traduzido para PROMESSA e ENTREGA.

Por exemplo: Se em algum momento um personagem olha para um violino e a câmera dá um close e toca uma música tchans (promessa), então significa que o objeto tem algum importância, e que o telespectador pode ficar tranquilo, que em algum momento do filme o violino será usado para alguma coisa (entrega).

Se e promessa ou a entrega for fraca, fica aquela sensação de ter-se perdido alguma coisa, tipo “ por que a Mulher Maravilha lutou com aqueles caras mesmo ?”

ou

“quem era aquela família naquela casa ? “

“Pra que a menina pegou a lata de inseticida ?”

“Por que havia inscrições secretas da Atlântida rabiscadas na parede do boteco ?”

Enfim, por quê a DC insiste em permitir essas patacoadas em seus filmes é motivo que segue alheio à minha compreensão ? Há de se pensar que os diretores, produtores, etc. seriam idiotas incompetentes. Mas já sabemos que incompetentes não são, pois todos os envolvidos já contaram boas histórias. Seriam idiotas ? Duvido.

Pensei pensei e nada conclui. Se alguém aí tiver alguma luz, favor deixar nos comentários.

Logo menos tem mais

Comentários