2001 por Jack Kirby ou; O que diabos Stanley Kubrick tem a ver com Os Vingadores ?

Jack Kirby

Se você conhece a história das histórias em quadrinhos, Jack  Kirby dispensa apresentações. A poderosa arte do homem contribuiu, direta ou indiretamente, para a criação dos baluartes MARVEL X-men, Hulk e Quarteto Fantástico.

A contribuição de Kirby também se fez presente em vários outros trabalhos,  mais desconhecidos mas não menos interessantes. Este post é sobre uma dessas suas obras que o grande público desconhece, pois nunca reeditada em material além do original. Trata-se da adaptação que o mestre fez para 2001: Uma Odisséia no Espaço (2001: A Space Odissey), o qual toda gente conhece como filme do outro mestre, Stanley Kubrick, lançado em 1968, mas cuja ideia inicial nascera no conto The Sentinel, de Arthur C. Clarke

A história de Kirby até que tem algumas passagens retiradas da versão original, mas o que ele optou adaptar mesmo foi o trabalho do Stanley.

 

 

 

Jack Kirby 2001_02_Stanley Kubrick_Avengers

 

Jack Kirby 2001_03_Stanley Kubrick_Avengers

 

A história foi lançada em 1976 como uma obra autocontida. Mais tarde, Kirby resolveu revisitar o universo,  através de uma série em 10 edições. Mas dessa decidiu marvelizar a parada; inserindo  monstros e alienígenas e, ao final da saga, em paralelo com o conceito de inteligência artificial do filme, deu origem a um novo herói, que passaria a habitar o Universo Marvel . Um personagem tão interessante quanto obscuro; O Homem Máquina (MACHINE MAN), cuja própria revista começou a ser publicada em sequência a 2001, até ser cancelada no número 19.  Desde então, a Marvel ressuscita o personagem a cada 10 anos mais ou menos (1984, 1999).

 

2001_01

2001_02

A saga de 2001 culminou na criação do personagem X51, que mais tarde foi integrado ao Universo Marvel com o nome de Machine Man.

Num dado momento, o Homem Máquina se tornou membro dos Vingadores. Assim, é justo afirmar que a foderosa equipe Marvel carrega parcelas de Stanley Kubrick e Arthur C. Clarke em seu DNA.

machine man_avengers

Ouve-se pela nerdosfera que os fãs de Kubrick não são lá muito chegados a essa adaptação. É compreensível, caso não haja real interesse por parte de tais fãs em se saber mais a respeito.  Para os fãs de Kubrick, contudo, trata-se de um grande deleite.

Por falar em deleite, seguem alguns lápis que o mestre fez para a obra…

 

2001_15

 

2001_16

 

2001_17

 

2001_18

Logo menos tem mais

Comentários