As 10 Melhores Aberturas dos 80

Eu não sei você, mas quando lembro dos 80, me vem na mente o Ronald Reagan, blazer com ombreiras e penteados com laquê. Não me entenda mal. Adoro a década de paixão, pois foi quando tive minha primeira vez; no Atari, no videocassete, nos quadrinhos, nos computadores, no rock. Mas Para todos os efeitos, foi uma dessas décadas onde a preocupação com a forma foi maior do que com o conteúdo.

Assim com resto, assim nos desenhos, cuja temporada costumava se estender por implausíveis 65 EPISÓDIOS. Talvez por isso toda gente dos estúdios tenha resolvido investir tanto em embalagem ( em forma de  aberturas fodásticas, geralmente feitas no Japão ), para compensar os vacilos na animação que os episódios costumavam sofrer por conta da exaustiva produção. E talvez por isso ( e por conta do rock metal, farofa, mas ganchudo ),  toda uma geração tenha ficado com a sensação das aberturas dos desenhos dos anos 80 estarem entre as mais memoráveis de todos os tempos.

Abaixo as aberturas que mais empolgaram ( e ainda empolgam, imagino ) toda uma geração:

 

 

1. THUNDERCATS

A animação dos 80 pode ser dividida entre antes e depois de Thundercats. Ninguém jamais vira nada igual em termos de gráficos, efeitos, velocidade e complexidade do conceito. E olha que por muito depois da estreia, não tivemos chance de assistir a abertura animalesca, pois a Globo editava as aberturas dos desenhos exibidos aos domingos, só liberando-os anos depois, geralmente, no Xou da Xuxa.

Mas o atraso não impediu que a abertura, tal qual o desenho, se tornasse um clássico.  Em face ao tamanho  sucesso, o estúdio não tardou em produzir uma cópia descarada, que mereceria o total esquecimento, não fosse pela abertura. E que abertura:

 

 

2. SILVER HAWKS

Pode falar o que quiserem do  Sergio Mallandro,  que traumatizava criancinhas com os monstros no quadro ” A Porta dos Desesperados ” , e o escambau. Mas ao menos, seu programa, o ORADUKAPETA ( minha avó fazia o sinal da cruz à menção do nome ),  ao menos não mutilava as coisas.

 

 

3. M.A.S.K 

Não era só embalagem. Tinha conteúdo também: carros, lasers e uma trilha incidental de fazer inveja a Jonny Quest. O mesmo estúdio, DIC entertaiment, ainda nos presentearia com duas outras produções OK, mas com aberturas igualmente irresistíveis. Foram eles :

 

 

4. JAYCE E OS DEFENSORES DO UNIVERSO

 

e

 

5. POLE POSITION

 

Mas verdade seja dita…nenhum deles se comparava a

 

6.GALAXY RANGERS

O conteúdo de GR fazia jus à abertura. Ia além até. A série era muuuito a frente de seu tempo. Os roteiros tratavam de hackers, vírus de computador, bioengenharia e biotecnologia. Na parte gráfica, havia 3D. Para falar a verdade, a primeira vez que eu vi uma animação gerada por computador em uma animação para TV foi em GR. Não tem outra palavra para definir. Era foda.

A próxima, nem tanto, mas merece estar na seleção por ser emocionante, contagiante e chocante:

 

7. JEM E AS HOLOGRAMAS

 

 

 

8. DUCK TALES

Depois de longo hiato, a Disney finalmente voltara a produzir para a televisão com Os Ursinhos Gummi e os Wuzzles.  Na sequência, o estúdio produziria Duck Tales, que o Silvio Santos abocanhou antes que a Globo pudesse dizer putz grila! Silvio promovia o desenho aos quatro ventos. Chamava Luis Ricardo , o (ex-Bozo)  para cantar o tema de abertura no Show de Calouros e até premiou o desenho com o Troféu Imprensa. Com toda essa popma, não tive como deixá-la de fora.

 

 

9. Robotech

Essa série era animal. O título original, Macross, foi mudada para Robotech, no ocidente, e o desenho foi exibido pela Globo miraculosamente em ordem e sem cortes e com a abertura; cinematográfica, pomposa, apoteótica, ela captava bem o espírito da história. Fruto sobretudo do exímio trabalho de Ulpio Minucci, pagando de John ” Star Wars ” Williams.

Depois, a Gazeta viria a exibí-la como Guerra das Galáxias, com cortes e fora de ordem.

 

 

10.ZILLION

Essa era outra série sensacional, e merece um post só dela. Enquanto o post não vem, relembremos a abertura, cuja letra original foi retirada na versão nacional. Essa ocorrência é tão bizarra quanto incomum, tendo acontecido, até onde eu me lembro, apenas com  Hong Kong  Phooey e  Defensores da Terra.Posto aqui a versão original, em japonês

Logo menos tem mais.

Comentários