De He Man, Fogo e Gelo e da Indústria Segundo Bakshi

Há algum tempo, escrevi o post “5 motivos para crer que He-Man era gay“. Assim sendo tive que assistir a inúmeros episódios de He-Man. Eis os ossos do meu ofício.

Além dos indícios que o príncipe Adam jogava no outro time, encontrei várias outras coisas, algumas bem interessantes, sobretudo do ponto de vista artístico. Pois o desenho era mais bem feito do que eu me lembrava.

Mas o achado mais notável foram as semelhanças de atmosfera e estilo de animação entre He-Man e Fogo e Gelo, de Ralph Bakshi.

 

O mundo de Fogo e Gelo se parece bastante com Etérnia, e o desenho é todo em rotoscopia, como eram algumas cenas em He-man. Mas a princesa Tigra era bem mais gostosa do que a Teela.

Preciso de mais tempo para provar minha teoria, mas uma vez comprovada, Ralhp Bakshi terá sido o maior contribuinte para que a década de 80 não tenha sido uma desgraça total. Ele já influenciou o mundo da animação tantas vezes que constatar sua forte influência nos 80 não me impressionaria, mas essa referência direta entre He- Man e Fogo e Gelo me pegou de surpresa. Afinal, He-Man não só foi o maior sucesso dos anos 80, como também a matriz sob a qual toda a indústria daquela década viria a ser construída.

Buscando referências para constatar semelhanças, encontrei um vídeo do mestre Bakshi falando sobre o atual mercado de animação. Não há quaisquer referências sobre Fogo e Gelo, mas a clareza do discurso e das ideias deixam claro: não importa o que faça, Bakshi sempre é capaz de fazer sua influência sentida. Seja desenhando ou falando.  Segue o video, competentemente legendado pelo pessoal do NUPA. Obrigado pessoal:

RALPH BAKSHI surviving in tough times / sobrevivendo em tempos difíceis from Céu D´Ellia on Vimeo.

Comentários