Disney e Jobs Dia e Noite ?

1327
0

Os próximos a Walt Disney diziam horrores sobre o mesmo. Os próximos a Steve Jobs, o contrário.  Na forma, talvez fossem Dia e Noite, mas em conteúdo, me pareciam farinha do mesmo saco.

Ambos eram  visionários, e dedicaram a vida a levar uma cultura de gueto às massas ( animação no caso de Disney, alta tecnologia, no de Jobs ). Para tanto,  se valeram  de estratégias improváveis e planos de negócio impossíveis.  Ambos alcançaram seus intentos repetidas vezes, sempre ultrajando o senso comum .

Steve Jobs viu um curta da Pixar numa época que animação em computação gráfica para o cinema era delírio de hospício. Isso não o impediu de gastar um milhão de dólares por ano, pelos próximos cinco anos, desenvolvendo a tecnologia necessária, acreditando que a ideia poderia vir a se tornar um negócio lucrativo.

Se tornou, claro.  Assim como várias outras ideias de vários outros visionários. A diferença é que a realização dos negócios de Jobs acabaram não só em fama e fortuna, mas também em referência cultural. A Pixar se tornou um ícone pop, assim como o Ipad, pod, phone. Walt fez o mesmo com sua indústria.

VideoDay And Night – Pixar

Meu curta favorito da Pixar: Day and Night

Disney e Aplle são empresas como tantas outras, mas diferentes.  Como tantas outras porque tocadas por gente de gravata treinada para ver apenas facetas do mundo, não o todo.  Diferentes porque carregam a alma de seus criadores. Dá para sentir…

E no final, engravatados da Disney acabaram pagando 7 bi pela Pixar. As energias de Walt e Steve acabaram se encontrando. Coisa de cosmo.

Descanse em paz,  Mr. Jobs. Obrigado pela Pixar e boa sorte no além.

Comentários